Feeds:
Posts
Comentários

Archive for the ‘4. Diário de Viagem’ Category

Fabz diante do Aeroparque Jorge Newbery...

Fabz diante do Aeroparque Jorge Newbery…

Finalmente chegou nosso nono e último dia em Buenos Aires. Acordamos, tomamos o café da manhã e fizemos o check-out do hotel… pegamos um táxi, que nos levou ao aeroporto Jorge Newbery, de onde sairia nosso voo de volta ao Brasil.

Tá na hora de irmos... fazendo o check-out no hotel.

Tá na hora de irmos… fazendo o check-out no hotel.

Em poucos minutos chegamos ao aeroporto, já que ele fica próximo ao centro da cidade. Esperamos um tempinho no saguão enquanto a companhia aérea não iniciava os procedimentos de check-in. Tivemos tempo de tomar um café no Fly Coffee, uma das lanchonetes do aeroporto.
A fila do check-in estava bem grande e muitos dos passageiros vestiam o mesmo agasalho: era a seleção brasileira de kung-fu wushu, que estava em Buenos Aires para participar de uma competição. Pelo número de medalhas que os atletas exibiam enquanto tiravam fotos, acredito que o Brasil deva ter tido um bom desempenho no torneio.

(mais…)

Read Full Post »

Fabz na Feira de San Telmo.

Fabz na Feira de San Telmo.

Acordamos para nosso oitavo dia em Buenos Aires… nossa viagem estava chegando ao fim. Descemos ao restaurante do hotel e tomamos um belo café pois sabíamos que nosso roteiro previsto para aquele dia envolveria muita caminhada: naquele domingo estava previsto visitarmos a tradicionalíssima Feira de San Telmo.
A Feira de San Telmo é a mais famosa de Buenos Aires e acontece todos os domingos desde 1970, atraindo cerca de 10 mil visitantes (na grande maioria turistas) a cada dia em que é realizada.
A feira é famosa pela venda de antiguidades e curiosidades e oficialmente acontece na Plaza Dorrego, em pleno coração do bairro de San Telmo, mas nas ruas ao redor da praça encontram-se centenas de barraquinhas vendendo pinturas, lembrancinhas, retratos, artesanato, livros e uma extensa variedade de outros produtos, além de apresentações de artistas de rua e músicos e dançarinos de tango.

Café da manhã reforçado para andarmos até a Feira de San Telmo.

Café da manhã reforçado para andarmos até a Feira de San Telmo.

(mais…)

Read Full Post »

Fabz vai à Casa Rosada.

Fabz vai à Casa Rosada.

Manhã de sábado, nosso 7º dia em Buenos Aires. Acordamos, tomamos o nosso café da manhã e saímos com nosso destino já traçado: a Casa Rosada.
O local é um dos lugares mais procurados pelos turistas que visitam a capital argentina. Normalmente, eles tiram suas fotos diante da imponente fachada do prédio e ficam só nisso mesmo… logo partem para conhecer alguma outra atração.
Mas o que a maioria não sabe é que, nos finais de semana e feriados, a Casa Rosada é aberta à visitação pública! São organizadas visitas guiadas por todos os principais e mais importantes salões da sede do governo argentino… e o melhor de tudo? Não custa um único peso. As visitas são gratuitas e duram cerca de uma hora!
Já havia passado várias vezes diante da Casa Rosada nas minhas duas viagens à Buenos Aires, mas nunca havia entrado em suas dependências… então, este era um passeio que eu aguardava ansiosamente.

(mais…)

Read Full Post »

Fabz visita a livraria El Ateneo.

Fabz visita a livraria El Ateneo.

Este dia em Buenos Aires foi diferente dos demais, pois turma se separou: eu fui para um lado da cidade, enquanto minha mãe e minha irmã foram fazer compras pelas lojas ali do Microcentro… alguém tinha que se lembrar de trazer as lembrancinhas de viagem para os parentes e amigos, né? rsrs

E vamos lá… amanheceu o dia, tomamos café e saímos do hotel. Ao chegar na Calle Florida, nos separamos… enquanto minha mãe e irmã subiram em direção às Galerias Pacífico, eu segui a direção oposta, indo para a Avenida de Mayo. O dia estava frio, com muita neblina e mal dava para ver os prédios da cidade.

O sexto dia em Buenos Aires amanheceu frio e com neblina.

O sexto dia em Buenos Aires amanheceu frio e com neblina.

(mais…)

Read Full Post »

Fabz no Jardim Japonês...

Fabz no Jardim Japonês…

Mais um dia começava… o nosso 5º dia em Buenos Aires. Acordamos e fomos tomar café. Nosso planejamento era conhecer os parques do Bairro de Palermo, como o Jardim Zoológico, Jardim Japonês e o Rosedal. Como o Zoológico (nossa primeira parada) somente abria às 10h, tivemos um tempinho para uma rápida andada pelo microcentro, quando aproveitamos para ir a uma casa de câmbio e trocarmos alguns reais por pesos.
Pela primeira vez na viagem, o tempo estava fechado: céu nublado, vento frio e nada de sol… uma grande pena, pois o ideal seria ter um tempo aberto para visitarmos os parques.

(mais…)

Read Full Post »

Fabz conferindo o Caminito...

Fabz conferindo o Caminito…

Nascia mais um dia, nosso quarto na capital argentina. Acordamos, tomamos um café reforçado e saímos cedo do hotel pois, segundo nosso planejamento, este seria o dia que mais andaríamos durante nossa viagem. Fomos até a Plaza de Mayo e, dali, pegamos a rua Bolivar (aquela que passa bem em frente do Cabildo). Logo no segundo quarteirão, entramos em uma igreja: a Iglesia de San Ignacio… uma bonita igreja branca com gigantescos altares coloridos, que estava praticamente vazia. Paramos um pouquinho para rezar, admirar as imagens sacras e, claro, tirar umas fotos!

(mais…)

Read Full Post »

Fabz diante de escultura na Plaza Lavale.

Fabz diante de escultura na Plaza Lavale.

Mais um dia começava e o previsto era que andaríamos muito naquela terça-feira… nosso plano era fazer os bairros do Retiro e da Recoleta. Levantamos, tomamos café e saímos para explorar o Microcentro de Buenos Aires, já que precisávamos trocar nosso dinheiro e as casas de câmbio somente abriam as 10 horas.
Andamos por muitas ruas e, assim como nos outros dias, vimos belíssimos edifícios, mas também vimos muitas obras e reformas naquela área.

A bela arquitetura do Microcentro de Buenos Aires.

A bela arquitetura do Microcentro de Buenos Aires.

Demos uma passadinha na Basílica Nuestra Señora de la Merced, uma simpática e bonita igreja encravada entre os prédios do Microcentro. Mais uma vez, pude perceber um fato que ocorre praticamente todos os dias, em todas as igrejas de Buenos Aires, independente do horário: muitas pessoas, ao passarem em frente uma igreja, dão uma entradinha rápida para fazerem suas preces e logo saem… vi pessoas de todos os tipos fazendo isso: homens de terno e gravata, pessoas mais simples, jovens, crianças, turistas, pessoas em horário de trabalho, etc.

(mais…)

Read Full Post »

Older Posts »