Feeds:
Posts
Comentários
O De Malas Prontas 'invade' a Praça de Maio.

O De Malas Prontas ‘invade’ a Praça de Maio.

Depois de um primeiro dia cansativo por causa da viagem, acordamos cedo para nosso segundo dia em Buenos Aires. Tomamos café e saímos… a intenção era aproveitar o dia ao máximo! Nos dirigimos para um dos destinos mais procurados pelos turistas na capital argentina: a região da Plaza de Mayo, famosa por abrigar atrações como o Cabildo, a Catedral Metropolitana, a Praça de Maio em si e, claro, a Casa Rosada! Já havíamos dedicado um post no nosso blog a esta região… para acessá-lo, basta clicar aqui.

Como nosso hotel era bem próximo, chegamos rapidamente à praça. De longe já avistamos a imponente Casa Rosada, sede do governo argentino, ao fundo… mas o que mais me chamou a atenção foi a Catedral Metropolitana. Como já comentei anteriormente, muitos prédios e monumentos de Buenos Aires estavam em reforma e/ou restauração e a bela igreja era um deles.
Mas, ao contrário dos demais prédios, as estruturas e andaimes diante de sua fachada não estavam visíveis. Por quê? Bem, eles tomaram uma decisão no mínimo curiosa: um gigantesco painel com uma foto da fachada da Catedral cobria os trabalhos. Os turistas não viam a fachada real do prédio… mas pelo menos tinham uma boa ideia de como seria a verdadeira! rsrs

O gigantesco painel que cobria a fachada em reformas da Catedral Metropolitana.

O gigantesco painel que cobria a fachada em reformas da Catedral Metropolitana.

Demos uma andada pela praça e tiramos aquelas fotos típicas de turistas: diante da Casa Rosada, com dançarinos de tango em frente à Pirâmide de Maio, do Cabildo e de estátuas e dos belos e grandiosos edifícios ao redor da praça, como o Banco de la Nación Argentina.

Continuar Lendo »

Anúncios
Fabz diante da fachada das Galerias Pacífico.

Fabz diante da fachada das Galerias Pacífico.

No dia 30 de junho, embarquei com minha mãe e minha irmã para passar alguns dias em Buenos Aires. Se você já acompanha “De Malas Prontas”, deve saber que já havia visitado a capital argentina em 2011. Visitei muitos lugares que já conhecia, mas também estive em outros pela primeira vez.
E, enquanto estava na terra dos nossos hermanos, tive a ideia de criar mais uma categoria para o blog: o “Diário de Viagem”, onde falarei de uma maneira bem fácil e informal sobre o que fiz no dia-a-dia das cidades visitadas. Espero que gostem de mais esta novidade e leiam as postagens sobre Buenos Aires. 😉

Buenos Aires, ARG – 1º dia
Nosso voo saiu de Guarulhos logo pela manhã e chegamos no Aeroparque Jorge Newbery, localizado no bairro de Palermo, a apenas 2km do centro de Buenos Aires antes da hora do almoço… daria para aproveitar um pouco mais nosso primeiro dia na cidade.

"Buenos Aires, estamos chegando!"

“Buenos Aires, estamos chegando!”

Pegamos um dos bastante característicos táxis pretos de capota amarela (todos os táxis de Buenos Aires têm esta combinação de cores) e rumamos para onde ficaríamos hospedados: o Liberty Hotel, que fica praticamente no cruzamento da Avenida Corrientes com a Calle Florida… uma localização simplesmente fantástica!
Fizemos o check in, deixamos nossa bagagem no quarto e saímos para almoçar… como queríamos descansar um pouco da viagem, optamos pelas Galerias Pacífico, um belíssimo shopping localizado na Calle Florida e com muitas opções em comida.

Continuar Lendo »

Detalhe da Ilha da Queimada Grande (reprodução)

Detalhe da Ilha da Queimada Grande. (reprodução)

Localizada no litoral de São Paulo, a cerca de 35 quilômetros da costa de Itanhaém, a Ilha da Queimada Grande não possui praias e é cercada por rochas e paredões, o que torna bastante complicado o desembarque no local. Desabitada e de acesso restrito apenas a analistas ambientais e cientistas autorizados, a ilha é Área de Relevante Interesse Ecológico. Existe interesse de cientistas, ONGs, mergulhadores e outros de transformar a Ilha da Queimada Grande em um Parque Nacional Marinho e, assim, proteger também uma faixa de duas milhas náuticas ao redor da ilha, onde existem corais e várias espécies de peixes e tartarugas marinhas, e que atualmente é muito procurada por pescadores.

Vista aérea da ilha. (reprodução)

Vista aérea da ilha. (reprodução)

A ilha é muito bonita, com fauna e flora praticamente intocadas, topografia irregular, vegetação de árvores altas e grutas, mas não é apenas sua beleza que a coloca como um dos lugares incríveis do nosso planeta… em 2010 e 2011, o site Listverse, especializado em fazer listas sobre os mais variados assuntos, elegeu a Ilha da Queimada Grande como o pior lugar do mundo para se visitar, ficando à frente da zona contaminada de Chernobyl, da Porta para o Inferno (que já comentamos anteriormente em outro post do blog) e dos vulcões de lama do Azerbaijão.
Mas o que torna esta bela ilha um lugar tão terrível? Bem, ela é conhecida como “ilha das cobras”… isso já é um claro sinal de sua natureza. rsrs

Continuar Lendo »

colaborador

E aí, querido leitor(a) do “De Malas Prontas Blog”? Este post que escrevo é para falar diretamente com você… 😉

Se você está aqui lendo o nosso blog, imagino que seja uma pessoa que gosta de viajar… e, se gosta mesmo de viajar, aposto que tem muitas histórias para contar! E, por isso, gostaria de convidá-lo(a) a ser um colaborador do nosso blog.

“Mas como posso colaborar?”, você pode estar se perguntando. É muito simples!!
Mande sugestões de lugares que já visitou e achou interessante… indique aquela atração bacana de sua cidade, mas que pouca gente conhece… escreva sobre um lugar onde esteve e nunca se esqueceu…

Ficaremos mais que felizes em receber as histórias, fotos e memórias dos lugares que conheceu e, claro, compartilhá-las com nossos leitores.

Continuar Lendo »

Vista aérea do Salto Ángel. (reprodução)

Vista aérea do Salto Ángel. (reprodução)

O Salto Ángel é a mais alta queda d’água permanente do mundo, com impressionantes 979 metros de altura, sendo 807 deles em uma queda sem interrupção. O salto é gerado pela queda do rio Churún pela face da montanha Auyantepui, conhecida como “a montanha do mal”, e faz parte do Parque Nacional de Canaima, constituído em 1962 e declarado Patrimônio da Humanidade pela UNESCO, em 1994. O parque é o sexto maior do mundo e, com uma área de 30 000 km², é maior que a Bélgica.

Continuar Lendo »

Vista da Glass Beach, em Fort Bragg, Califórnia. (reprodução)

Vista da Glass Beach, em Fort Bragg, Califórnia. (reprodução)

Uma frase que melhor resume Glass Beach é “a praia que fez do lixo um tesouro”. Localizada no MacKerricher State Park, próximo à cidade de Fort Bragg (no norte do estado da Califórnia), a exótica praia é formada por um tapete de pedras de vidro multicolorido que brilham sob a luz do sol.

Mas, quais as origens desta praia formada por pedaços de vidro e que tanto encanta os turistas que a visitam?
Bem, o vidro é proveniente do lixo doméstico que os moradores da região simplesmente atiravam dos penhascos que contornam a costa da região no início do século XX. Tudo era descartado no mar: lixo, garrafas, eletrodomésticos e até mesmo carros velhos! Algo impensável para os dias atuais, mas que naquela época era uma prática comum. A situação chegava a tamanho descontrole que, às vezes, incêndios eram iniciados para reduzir o tamanho da pilha de lixo abandonado no local.

Continuar Lendo »

Fachada do apartamento de Dexter Morgan...

Fachada do apartamento de Dexter Morgan…

No terceiro post da série “Achei no Google Maps” (postada originalmente no nosso outro blog “Cultura Pop na Web”), vamos falar sobre um local muito conhecido pelos fãs da série “Dexter”: o condomínio onde fica o apartamento do amado serial killer.

O condomínio fica localizado na Bay Harbor Island, em Miami Beach, e se tornou marco obrigatório para aqueles que gostam da série… para desespero dos moradores do lugar, que não gostam muito da agitação e das visitas de estranhos em sua propriedade.

Continuar Lendo »