Feeds:
Posts
Comentários

Archive for maio \23\UTC 2013

colaborador

E aí, querido leitor(a) do “De Malas Prontas Blog”? Este post que escrevo é para falar diretamente com você… 😉

Se você está aqui lendo o nosso blog, imagino que seja uma pessoa que gosta de viajar… e, se gosta mesmo de viajar, aposto que tem muitas histórias para contar! E, por isso, gostaria de convidá-lo(a) a ser um colaborador do nosso blog.

“Mas como posso colaborar?”, você pode estar se perguntando. É muito simples!!
Mande sugestões de lugares que já visitou e achou interessante… indique aquela atração bacana de sua cidade, mas que pouca gente conhece… escreva sobre um lugar onde esteve e nunca se esqueceu…

Ficaremos mais que felizes em receber as histórias, fotos e memórias dos lugares que conheceu e, claro, compartilhá-las com nossos leitores.

(mais…)

Anúncios

Read Full Post »

Vista aérea do Salto Ángel. (reprodução)

Vista aérea do Salto Ángel. (reprodução)

O Salto Ángel é a mais alta queda d’água permanente do mundo, com impressionantes 979 metros de altura, sendo 807 deles em uma queda sem interrupção. O salto é gerado pela queda do rio Churún pela face da montanha Auyantepui, conhecida como “a montanha do mal”, e faz parte do Parque Nacional de Canaima, constituído em 1962 e declarado Patrimônio da Humanidade pela UNESCO, em 1994. O parque é o sexto maior do mundo e, com uma área de 30 000 km², é maior que a Bélgica.

(mais…)

Read Full Post »

Vista da Glass Beach, em Fort Bragg, Califórnia. (reprodução)

Vista da Glass Beach, em Fort Bragg, Califórnia. (reprodução)

Uma frase que melhor resume Glass Beach é “a praia que fez do lixo um tesouro”. Localizada no MacKerricher State Park, próximo à cidade de Fort Bragg (no norte do estado da Califórnia), a exótica praia é formada por um tapete de pedras de vidro multicolorido que brilham sob a luz do sol.

Mas, quais as origens desta praia formada por pedaços de vidro e que tanto encanta os turistas que a visitam?
Bem, o vidro é proveniente do lixo doméstico que os moradores da região simplesmente atiravam dos penhascos que contornam a costa da região no início do século XX. Tudo era descartado no mar: lixo, garrafas, eletrodomésticos e até mesmo carros velhos! Algo impensável para os dias atuais, mas que naquela época era uma prática comum. A situação chegava a tamanho descontrole que, às vezes, incêndios eram iniciados para reduzir o tamanho da pilha de lixo abandonado no local.

(mais…)

Read Full Post »